Até fevereiro de 2018 motoristas de todo país poderão apresentar a Carteira Nacional de Habilitação – CNH em formato eletrônico, a CNH-e. A emissão do documento digital foi aprovada no dia 25 de julho de 2017, pelo Conselho Nacional de Trânsito – Contran. O formato digital tem a mesma validade do documento impresso, visto que é assinado com certificado digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil, fornecido pela Certificaminas Autoridade de Registro da AC Soluti.

Para obter a CNH Digital o habilitado deve seguir os seguintes passos: 

  • Verifique se sua CNH de papel foi emitida a partir de maio de 2017 e se possui QR Code, ele se localiza na parte interna do documento;
  • Baixe o aplicativo da CNH Digital nas Lojas iTunes (iOS) e Play Store (Android);
  • Faça o cadastro no Portal de Serviços do DENATRAN;
  • Vá ao DETRAN de emissão da sua CNH de papel para garantir presencialmente seus dados cadastrais. Isso é necessário para que eles tenham certeza de que o usuário é mesmo você. Afinal, a CNH é um documento que tem fé pública. Caso tenha certificado digital ICP-Brasil, não é necessário ir ao DETRAN;
  • Com o acesso ao Portal de Serviços do Denatran e com os dados confirmados pelo Detran, é possível solicitar um código de ativação para a CNH Digital, que será envidado por e-mail;
  • Entre no aplicativo, use a senha de acesso do portal e digite o código de ativação;
  • Um último passo: o aplicativo vai pedir para você criar uma senha mais simples, de quatro números, tipo a de banco, que o usuário digita toda vez que for acessar a carteira. Isso foi criado para facilitar o acesso, já que a senha do portal é mais comprida e complicada, com letras e números.

Para mais informações acesse o site do Denatran.